Bolt provou marijuana e pediu desculpa!

Usain Bolt confessou-o com aquele estilo descontraído que bem o caracteriza. “Na Jamaica, quando és criança, aprendes a enrolar um charro”, disse em entrevista ao tablóide alemão ‘Bild’, para reconhecer que “ali todos provam marijuana, incluindo eu, quando era mesmo muito novo”.A confissão em nada pode prejudicar o recordista mundial de 100 e 200 metros, ao contrário do que sucedeu à outra grande estrela dos Jogos Olímpicos de Pequim, Michael Phelps – suspenso por ter sido fotografado a fumar um cachimbo de marijuana e posteriormente o ter confessado -, pois o jamaicano garante que actualmente anda muito longe das chamadas drogas sociais. “Ninguém da minha família ou que me seja próximo fuma, nem eu ando com pessoas que fumem”, garantiu o sprinter de 22 anos, que se diz pouco preocupado com as aparências. “As pessoas podem dizer o que quiserem, porque eu sei que estou limpo. Isso é a única coisa que me interessa, não o que se diga de mim”, atirou, lembrando que durante os Jogos Olímpicos foi “submetido a muitos testes antidoping, entre os 30 e os 40”.

O jamaicano, ambicioso como sempre, quer mais do que repetir as três medalhas de ouro olímpicas no Mundial de Berlim. “Quero tornar-me uma lenda. Quero projectar o atletismo para uma nova dimensão”, atirou.

(noticia retirada de http://www.ojogo.pt , 13/04/2009)

Usain Bolt emitiu um comunicado a explicar a sua revelação de que já tinha experimentado marijuana, quando jovem. O homem mais rápido do mundo, campeão olímpico e recordista mundial dos 100m e 200m, diz que nunca o fez enquanto atleta, e apela aos jovens para que fiquem longe da droga.

«Quero pedir desculpas aos jamaicanos, se se sentiram ofendidos ppor eu ter dito que na Jamaica todas as crianças sabem enrolar um charro, e pedir aos jovens talentos do desporto que permaneçam longe de qualquer tipo de droga, porque não lhes vai trazer qualquer benefício, nem pessoal nem desportivo», afirma Bolt, num comunicado divulgado pelo seu empresário, em que assume que as suas declarações anteriores, ao jornal alemão «Bild», foram «infelizes».

(noticia retirada de www.maisfutebol.iol.pt  , 14/04/2009)

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: